domingo, 27 de janeiro de 2013

Pesca no prato

   Boas pessoal, bem como não tenho conseguido ir aos meus sítios de eleição, a muito que não fazia uma pesca, mas ontem lá fui matar o vicio, fiz uma embarcada com o meu amigo Magrinho, mas o peixe não colaborou, mas ainda deu para matar o vício, com umas boas choupas e safias, ainda saíram 2 parguetes e um peixe galo, isto porque insistimos até a ultima a pescar com muita sardinha, com uns contra tempos que surgiram, tirei uma foto rápida  só para ver se publicava alguma coisa, pois não tive tempo para mais, aproveito e deixo também as pescas que tenho feito no prato, saúde a todos.


 Dia do temporal, vista da minha casa.
 As lulinhas da semana passada deram uma boa feijoada

Pesca no prato é que tenho feito mais nos últimos tempos



quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Pesca rápida e recordar

   Bem este tempo não tem dado descanso, quando olho para o windguru, até me assusto, parece que vem lá caldeirada da grossa, mar e vento com chuva a farta, e está semana só tinha feito uma pescazita com uma grade (1 sarguito apenas), mas está tarde o vento que era para estar, não estava e depois de almoço, visto o fato e vou matar o vicio, porque estou a ver que nos próximos dias vão ser complicados para pescar, a norte de Sines já não consigo pescar a 2 meses,nos sítios que gosto devido ao mar, mas a sul hoje até dava para ir ver como estava o meu novo pesqueiro, que me tem dado uns sarguinhos mesmo a medida para as minhas grelhadas.
  Bem nada de extraordinário, mas ainda me safei com 6 sarguitos de dose, usei  o tal camarão apanhado na hora, e pesquei a chumbadinha, 1 e 2 gramas, fica aqui a foto do dia de hoje.


Aproveito para dar cor ao blog e aumentar o conteúdo do post,  e deixo aqui um conjunto de imagens minhas já com uns anitos, que raramente eu registava, pois não ligava nenhuma a fotos, mas que se salvaram ainda algumas recordações, com uma máquina descartavel.

Moreia de 5 Kg, quando a tirei quase que fugi dela, parecia umas cascavel com a boca aberta,lol se não fosse um barrote que estava por perto, acho que ela tinha ganho a luta,lol.

Neste tempo ainda tinha cabelo,lol.

 Surf, em São Torpes, passava o dia na água, a pesca nesta altura estava em 2º plano.

Estas fotos do mar, são recentes, foi quando fiz mais uma saída como marinheiro na MT, objectivos Douradas, mas apanhei foi um pesadelo, pois estive meio dia enjoado,o mar estava bruto, e como muitas das vezes tenho que ficar a proa, porque o barco esta lotado, pareço uma bola de ping pong de um lado para o outro em dias como este, e onde tenho que baixar a cabeça para iscar, escorregar e me agarrar,lol, é das poucas vezes que não vejo a hora de a pesca terminar,lol, ( choco apanhado a 80 m quando pescava ao bezugo, inventei e pús um palhaço junto a chumbada, não foi mau)

Espero que tenham gostado das fotos, e que o post dê para entreter, pois eu estou sempre a ver se a malta publica pescarias, pois ajuda sempre a pensar e sonhar já na próxima investida, a todos um abraço.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

De volta ao passado

   Boas pessoal, o  titulo do post, tem a ver com as excelentes pescarias que fazia à lula ao corrico, no final dos anos 90 e inicio do século XI, onde praticava mesmo muito está pesca e a dos carapaus em conjunto, pois está semana com o tempo limitado durante o dia, meti na cabeça que iria pescar a lula todos os fins de tarde, pelo menos 2 horas, mesmo até a hora do jantar, o pesqueiro é que é complicado, pois a limitação para este tipo de pesca já chega ao ridículo,  é o espelho do nosso país, mas a vontade era muita e lá descobri num cantinho com alguma luz, onde provavelmente apareceria um  lula para eu matar a vicio, é que na embarcada não se tem reunido as condições para pescar a lula e as saídas quase nem existiram.
   Deixa lá ver se não me vêem lá, se não proíbem também aquele pedaço de mar que com 2 pescadores fica lotado.
   Resumindo a historia, 12 horas a corricar durante a semana, 3 lulas, para mim foi bom, pois deu para ver que ali, de vez em quando pode aparece alguma coisa, e é mais uma alternativa para espairecer bem mesmo ao pé de casa, vamos lá ver se não me vêem!
   Houve um dia que gradei, mas quando estava para gradar outra vez, resolvi apanhar o petisco que aqui por Sines também é proibido, o que é que não é????  mas foi só por acaso, fica as fotos da semana pessoal.

 A única lulinha apanhada no domingo a noite

 A vista do pesqueiro é linda, quase que vejo a minha casa, mas o acesso é manhoso, o que faz que ninguém vá lá.

 Lulas de segunda-feira

 É raro tirar uma foto no pesqueiro com a captura, fica aqui esta acabadinha de sair do mar.

 Estes meninos não podem ser comidos pelos sargos, estes morrem na minha barriga,lloll. o tamanho deles impressiona. Este camarão é chamado aqui na zona de "camarão de Sines" com um valor económico muito elevado, na casa dos 45-60 Euros o Kg, é o ouro de Sines, só que é proibido ser apanhado sem ser por profissionais, agora imaginem se há poucos aqui em Sines com mais ou menos 20 Km de (molhos) de pedras, imaginem os milhares que há naqueles buracos,os profissionais apanham-nos apenas nas nassas ao largo de Sines, as pedras estão minadas, mas proibidas, eu mesmo ilegalmente apanhei estes, em 2 metros de buraco, e faço uma refeição ilegal, que se lixe, futuramente farei mais certamente.

 Navalheiras, devem ser aos milhares nos molhos de Sines, marisco de alta qualidade, quem não vive em Sines não sabe o que o Siniense sofre com a poluição atmosférica, porque Sines é uma cidade industrial, onde a imagem boa, essa é do mar, mas o turismo está morto, mas o mar por enquanto consegue sobreviver, agora questiono-me se um dia um petroleiro(que já aconteceu na década de 80) tiver um azar e houver um desastre ambiental, andam a proteger as espécies para morrer com a poluição, meus senhores deixem as pessoas tirarem gozo daquilo que ainda nos resta e que nos dá prazer... e ajuda muita gente... 

 Uma travessa deste camarão, fica na casa dos 10 euros em qualquer marisqueira de Sines, com eles debaixo dos pés, vou paga-los? ora essa, era o que faltava...

O pecado de Sines, mas na foto de baixo não há pecado nenhum, é normal, pois é o estado mete ao bolso milhões, e nós é que pagamos.


Desculpem o desabafo, mas só todos juntos é que conseguimos mudar alguma coisa neste país, se continuar-mos sem acção isto não vai mudar de certeza, vamos ser uns bonecos nas mãos destes senhores, sei que deveria falar de pesca, mas tenho a certeza que este assunto em 2013 vai estoirar, as pessoas estão a esgotar-se, quando receberem o 1º recibo de ordenado, aqueles que receberem, pois há muita gente que nem isso vai conseguir... eu ainda consigo viver sem a pesca, mas há muita boa gente a viver dela, pensem nisto senhores políticos... boas fainas malta.

domingo, 6 de janeiro de 2013

Os primeiros do ano

Boas pessoal, neste novo ano já fiz duas investidas, a primeira a sul, com mar muito forte, foi mesmo para espairecer, no meu pesqueiro que tenho ido ultimamente, e mais uma vez a mostrar que os meus amigos sargos andam lá, a pescar com uma grama, mesmo com ondas de 1,5 m , não é fácil, mas ainda ferrei 2 bons sargotes para o almoço, com esse mar ali, varre completamente, mas para mim foi muito positivo, pois consegui tirar mais conclusões deste pesqueiro, onde futuramente vou perder algum tempo.
  Já ontem, o meu amigo Magrinho desafia-me para uma embarcada no Zebro, mas como a ultima pesca tinha sido fraca e levamos uma tareia junto com um grande enjoo, onde me deixou zonzo ai uma semana, llolll, quando me lembrava das vagas até enjoava em terra llloll, fui com um pé atrás, pois a lestada estava forte, mas como somos surfistas, disse-mos logo um para o outro a tarde o vento desaparece, bem dito bem feito, e tornou-se um dia agradável e bem passado com uns peixes porreiros.

Hoje calhou-me a mim o troféu do dia, um lindo sargo que pensava que era um pargo, e o polvo da praxe.



O matateu e um pargote

Os primeiros do ano, eu não sou muito exigente, sargos deste calibre deixam-me completamente feliz, pesca  a sul.

 Resumo da pesca, os meus melhores peixes foram 3 pargotes, 3 sargos, 2 grandes carapaus, 1 polvo e umas quantas safias XL, o Magrinho ainda apanhou uma dourada 1 polvo e grandes safias também... grandes pescas para todos.