domingo, 9 de julho de 2017

A perseguição


Boas amigos
Os nomes utilizados neste post, são feiticios, mas encaixados na parecença física e comportamental dos indivíduos.

Dia de bola, maré curta, mar manso, acordo cedo e vou apanhar uns percebes, depois de 1 hora unha a unha, a pouca escolha dos mesmos, aproveitada para uma futura pescaria, no meio de um dedo de conversa com um mariscador profissional, onde faz conversa de meninos para mim e pensa que sou tonto, há mais marés que marinheiros Mário Soares… a vida da muita volta.
Alerta-me que eles andam ai (Guarda Fiscal), que novidade para mim, em 10 pescas fui esperado meia dúzias de vezes por eles.

Podem- me esperar todos os dias, mas nós andamos a descontar para estes guardas receberem ordenados e eles andarem atrás de nós como criminosos, ridículo, qualquer dia colo a licença na testa sempre que for a pesca.
Ok, é o trabalho deles, será? Se fiscalizassem dentro da própria guarda, iam metade presos, mas é mais fácil tentar apanhar um pescador…
 Ligo o carro, musica no rádio, braço de fora do vidro, faço a avenida da praia a gozar a satisfação que trazia de estar em contacto com o mar e fazer aquilo que tanto gosto, começo a subir para a vila, a curtir a musica nas calmas e quando estou a entrar numa zona mais estreita da estrada, mesmo a umas centenas de metro da minha casa, aparece-me uma pick-up toda preta com uma condução perigosa a tentar passar-me, pensei para mim, este está bêbado com certeza, faço pisca e encosto, para o maluco passar, bem apanho um susto, o sacana quase que me arranca o braço, não me raspou o carro por um cabelo.

 Parecia um filme de acção, onde os bandidos são passados pela polícia e estes põem o caro a frente para os encurralar, a minha reação foi imediata, “és maluco caralh#&%&%, fdsssssssss”.

Sai-me da pick-up o Sócrates e o Gordinho, “ fdssss outra vez vocês, agora já mete perseguição, vocês são ridículos caralh#%&%# “o Gordinho dizia” és maluco ias batendo no rapaz, és maluco”.


     Socratres, “Recebi uma denúncia, abra já a bagageira imediatamente” abro a bagageira a resmungar, ridículo, fdssss “só apanhou isto?” ganda lata carlh#$%$#, era para apanhar mais para me lixar????? “mochila, mochila, abra a mochila” sim tenho aqui mais percebes da escolha, que aproveito para pescar, em vez de os deixar nas pedras a cheirar mal, “desculpe lá, foi uma denuncia”, fdssss ganda lata, desculpe lá… a próxima faço queixa de vocês, perseguição já é demais.
Sócrates, "agradeça aos seus amigos foram eles que o denunciaram!"
 Isto até me tira vontade de ir mariscar ou pescar, mas será que tenho cara de criminoso, pessoal que me conhece e faz denuncias, palhaços, há mais mares que marinheiros felizmente, também não há mais trabalho para estes gajos, sem ser abordar pescadores… ridículo é a única palavra para isto.

Eu apanho percebes não raspo as pedras, como o pessoal que tem a carta de mariscador, que para fazer a maré e apanhar os supostos 15 kg, raspam tudo, depois aproveitam metade dos 15kg, e estão preocupados que um gajo apanhe meia dúzia de percebes, vão se fod###%&&
Desculpem o palavreado, mas esta história tinha que a contar, também é uma maneira de eu desabafar e continuar a ter vontade de vir aqui mostrar uns peixes, e se o faço é pelas amizades que criei com muito pessoal que comenta e sei que gostam de ver o que eu apanho e principalmente não lhes faz comichão os peixes que veem por aqui.
Bem vou deixar aqui umas fotos de uns sarguetos para fritar, para brindar os verdadeiros amigos.

Boas fainas




15 comentários:

  1. Mékié João!!
    A dor de corno é fodid@...
    Atão já mete perseguição e tudo!?!? Que palhaçada.
    Cá pela minha terra, há uns tempos atrás, a policia guardava a casa de um banqueiro daqueles XPTO da nossa praça, como se o homem fosse fugir. Repórteres há porta de casa a fazer directos era mato. E nós a pagar a policia para guardar o portão. Nunca mais se viu ninguém por lá e ele lá continua a sua vida de luxo.
    A ti, até te fazem perseguições à moda dos americanos. Têm que deixar de ver tantos filmes de acção, hehehe
    Tristeza....
    Continua a fazer as tuas fainas e deixa esses gajos a salivar de inveja!
    Grande e forte abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Francisco.
      Mesmo palhaçada, a lei permite-me apanhar 2 kg, mas mesmo assim mete comichão, sabes ando sempre com mochila estanque com documentos telemóvel e chave e aquilo faz bolsa de ar, pensam que vem carregada, era preciso ser muito estupido para o fazer, mas afinal há estúpidos que pensam que eu o faço...
      Sim segui essa história na altura, é mesmo uma vergonha, aqui só perseguem alguns, pois há outros que são amigos íntimos, mas há mais marés que marinheiros, tudo o que é bom acaba a toda a gente...
      Sabes o que custa mais, é que alguns guardas que me abordam, já se esqueceram que o meu pai era da Alfândega e sei de milhares de histórias, e agora querem me lixar, são mesmo uns tristes, 3 palavras acabava com eles... eu não sou dessa raça sabes, mas também a tolerância tem um fim... tal como a paciência...
      Forte abraço e certamente que vou continuar a apanhar peixe e petisco pra comer, até a lei deixar;)

      Eliminar
  2. Pois é João, quem vê na actividade da pesca só os €€€, é capaz de tudo! Felizmente que o João estava dentro da Lei, senão levava para assar!
    Já me tinham falado dos modos bruscos e nada educados da PM de Sines, este é apenas um dos casos. Tratam todas as pessoas como criminosos!
    Seria um lição de civismo, se todas as autoridades vissem o canal CBS Reality,o progama sobre a actividade da PM da Nova Zelândia, mesmo quando apanham alguém com a boca na botija! São educados e persistentes, obrigando os infratores a confessarem o delito, com educação e civilidade que pelos vistos é coisa rara cá no burgo.
    Abraço,
    José Carlos Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas José.
      Eu ando sempre dentro da lei, o que parece as vezes não é...
      Por acaso estas situações todas estão a ser criadas por a Guarda Fiscal, a policia marítima nem a tenho visto, até a data aqui por Sines nunca me fizeram o que a Guarda Fiscal me está a fazer, há muitos interesses por fora nestas fiscalização intensiva, e aposto que quando os percebes entrarem no defeso isto acaba, pois já percebi o que se passa realmente...
      Por acaso metade das vezes que fui abordado, fui brindado com arrogância e ironia, para não falar que nem um bom dia custa a sair dali:(
      Um abraço.

      Eliminar
  3. Boas João ;)!!!
    pois é, infelizmente cada vez mais ha cenas tristes desse tipo.
    Comigo nunca aconteceu, mas sei de casos de amigos aqui na zona a quem ja aconteceu!!
    é triste e como tu dizes e bem, é ridiculo!! invejosos com dor de cotovelo ;)

    Bons sargalhões

    Grande abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Diogo.
      Pois isto pode acontecer a qualquer um, mas é muito grave perseguirem e bloquear um gajo, querem no fazer, façam quando um gajo chega ao carro, não precisam deste aparato todo, pois estão a denegrir a minha imagem, se eu ganha-se o euro milhões, ponha estes gajos em tribunal e acabava com a carreira deles acredita!!!! é mesmo ridículo...
      Mas se os meus males fossem estes estava no paraíso, ahahahahahahah...
      Grande abraço.

      Eliminar
  4. Especialmente a fiscal tem elementos que pescam e cometem infracções, mais permitem que amigos as cometam. Infelizmente é o que temos, aqui nas praias é igual quando os pescadores ditos normais apenas podem pescar com 3 canas e 3 anzóis existem elementos que semeiam aparelhos de mão ao longo da praia com várias amostras cada e demonstram imunidade a qualquer fiscalização... Enfim calma e desfruta dessa cumplicidade que tens com o mar, isso sim é o mais importante e é algo que aqueles que são apenas predadores não sabem dar valor.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Mario.
      Imagina eu que convivi com muitos, pois o meu pai era da alfândega, já me abeteceu abrir a boca, mas também não fiz porque nem só gente que não presta trabalha lá, a malta bem porreira, temos que os gramar, mas não me faltem mais ao respeito, tudo tem um limite.
      Força ai Marinho, grande abraço

      Eliminar
  5. Boas João,
    Muito honestamente, quando as autoridades como neste caso são prepotentes, acho que devemos fazer valer os nossos direitos como cidadãos que somos. Neste caso tens todo o Direito de não mostrares o teu porta-bagagens.

    A menos que o cidadão o permita voluntariamente, em regra, só com mandato judicial é que as autoridades poderão revistar o veículo e exigir ao condutor que lhe mostre o porta‑bagagens. De facto, a revista do carro corresponde a uma invasão da propriedade e vida privada do cidadão. E estes direitos só podem ser limitados caso tal se justifique em função de outros interesses que, no caso concreto, devam prevalecer ‑ como, por exemplo, a segurança pública ou justiça. Por essa razão, em princípio, as autoridades não podem revistar um veículo sem autorização judicial prévia, pois só assim se garante que existe uma ponderação dos interesses em causa e que os direitos do cidadão não são restringidos sem um motivo ponderoso.
    E neste caso para o Sócrates ou Gordinho não se armarem em parvos, não sei se nessa zona onde fizeram a manobra perigosa é responsabilidade da PSP, caso fosse devias ter chamado eles para reportares essa manobra perigosa, caso contrário chamavas a GNR... lol
    É claro tudo isto dá chatices, mas fica tranquilo que eles não são parvos e quando verificam que o cidadão como tu sabe mais de Direitos e Leis, eles mudam logo de atitude, acredita, já tive várias situações, em que me quiseram f#&?r e depois acalmaram...

    Bom resumindo, continua como és a deliciar aqui o pessoal com as tuas postagens e caga nisso e já sabes cumpre a LEI, qq dia ainda vais ter que começar a cortar o rabo do peixe... lol

    Forte Abraço e aperta ai com esses petiscos

    ResponderEliminar
  6. Boas Manel.
    Epa eu só quero pescar e que não me chateiem.
    Tens razão, mas não tenho nada a esconder, so acho que este aparato todo é ridiculo, se me querem apanhar com percebe a mais, esperem ao pé do carro não é.
    Denúncias? É muito, os chibos trabalham para eles e depois apanham o que querem, pensam é que eu não sei.
    Sempre que poder vou fazer as minhas fainas não é isto que me faz parar.
    Mas por vezes já pensei em deixar o blog, pois a informação que passo aqui faz comichão.
    Muitas pescarias ficaram sem foto por causa disto é pena.
    Obrigado ai Manel, abraço

    ResponderEliminar
  7. joao

    nem vale a pena comentar este post, grande abra;o, continua forte e c####a neles.

    FRancisco

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas Francisco.
      Só me revolta uma coisa, é fazer o meu hobi preferido, que nao prejudica ninguém, e ser abordado com desconfiança sistematicamente como fosse uma pessoa problemática e um perigo oara a sociedade, podiam guardar essa arrogância para os verdadeiros criminosos.
      Um abraço

      Eliminar
  8. Boas amigo João é de lamentar que às nossas auteridades reaja assim,quando há tantas outras legalidade que eles fazem vista grossa,enfim isto tudo por causa duns kl de percebes e um grande número de inveja,e fim força aí não é isso que vai derrotar um pescador como tu😃
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas amigo.
      É verdade, tanta coisa importante e andam atrás de pescadores lúdicos, longe de me derrotarem, mas que já mete desconforto mete... até me podem abordar todas as vezes que for a pesca, mas perseguições é um abuso, ainda por cima iam me batendo no carro, estavam com medo que fugisse, desgraçados patéticos:(
      Grande abraço.

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar